A formação social da miséria: Porto da Folha no sertão do São Francisco (1820-1920) Voltar

A formação social da miséria: Porto da Folha no sertão do São Francisco (1820-1920)
De R$ 52,00 Por R$ 47,00

Francisco Carlos Teixeira da Silva

Autor:

Francisco Carlos Teixeira da Silva sobre o autor

Caracteristicas do Livro:

ISBN: 978-85-518-1561-8

Páginas: 256

Ano de publicação: 2019

Tamanho do livro: 16x23

Descrição do Livro:

“A Formação Social da Miséria” constitui-se num trabalho-teste, em 1980, da documentação serial brasileira nos moldes apregoados pela historiografia social francesa e a tradição oriunda do “X Congresso Internacional de Ciências Históricas” realizado em Roma, em 1955, sob a condução de Ernest Labrousse e Jean Meuvret. Esta tradição foi trazida para o Brasil por Maria Yedda Linhares, Eulália Maria Lobo e Bárbara Levy e centrada em um amplo projeto de História Econômico-social na antiga Faculdade Nacional de Filosofia (FnFi) da Universidade do Brasil. Infelizmente tal experiência foi interrompida pelo Golpe de 1964 e só retomado, com a ajuda de Frédéric Mauro, com “Le Histoire Quantitatif du Brésil (1973)”. A partir de 1979, Maria Yedda Linhares e Ciro Cardoso, com a ajuda de Francisco Falcon, retomaram o projeto, em principio no CPDA, na FGV, e depois na UFRRJ, e em seguida na UFF, onde se desenvolveu um amplo programaram de História da Agrária, no qual emergiram os trabalhos de João Fragoso, Hebe Castro, Marcia Motta, Sheilla Castro Farias e outros. O presente trabalho, só agora publicado em sua integra, foi uma busca inicial das fontes possíveis para uma história agrária e de seu alcance no Brasil, experimentando as fontes existentes para século XIX capazes de constituir-se em um forte suporte para uma história agrária no Brasil.